.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Impensavel

. Rodizio de Palavaras

. :)

. Avó, mãe da minha vida.

. Sonhos

.arquivos

. Julho 2008

. Julho 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Sonhos

Um dia ela amou. Voou até ao céu e não voltou. Sonhou com futuros cinematográficos. Viveu num mundo paralelo. Acreditou na vida e quis ficar fechada com ele, para sempre, num quarto sem saída.

Um dia ele saiu... do quarto, do seu coração e da sua vida. Enviou-a de volta para a terra, sem sonhos e sem futuros ficcionados. Plantou-lhe dúvidas sobre o amor e a vida... E ela quis ficar fechada, sozinha, para sempre, num quarto sem saída.

Um dia ela voltará a amar. Voltará a sonhar. Voltará a acreditar que o céu é uma tela e que o futuro é dela. Vai reaprender a acreditar na vida e vai encontrar a saída...

sinto-me:
publicado por estrelinha-cadente às 00:44
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De trz a 20 de Julho de 2007 às 17:42
Um dia chega que se aprende a amar com os pés no chão..

Comentar post